quinta-feira, 13 de agosto de 2015

Coelho denuncia a hipocrisia do Juíz desembargador Paulo Barreto


Juíz Presidente da Comarca da Madeira Paulo Barreto, feito com o sistema


José Manuel


 Coelho diz-se

 «mal tratado» por Paulo Barreto


O PTP deslocou-se hoje ao Tribunal Judicial do Funchal para «chamar a atenção do povo da Madeira e do Porto Santo» para a «atitude» do  juiz presidente da Comarca da Madeira, Paulo Barreto.  Segundo o cabeça-de-lista do PTP às eleições para a Assembleia da República, parece que o juiz «quer brincar com a gente». 

«Anda a tentar meter a cabeça na areia como uma avestruz e assobia para o lado», acusa José Manuel Coelho, que refere que em causa está «a solicitadora de execução Maria João Marques, que conforme referiu o próprio juiz Paulo Barreto, «esta senhora já fez 3.600 penhoras na Região» tendo facturado «centenas de milhares de euros», valores que esta «nunca entregou aos donos das penhoras», encontrando-se por isso «em parte incerta», denuncia o parlamentar.
José Coelho alega existir uma carta rogatória do Estado francês para Maria João Marques responder em tribunal pelo crime de assassinato de um sindicalista francês. Coelho acusa a justiça portuguesa de «ocultar e esconder esta senhora da justiça francesa».
O candidato trabalhista denuncia ter sido «muito mal tratado» por Paulo Barreto, na última reunião que o PTP manteve com o responsável pela Comarca e, critica: «a Justiça não sabe onde esta senhora está, mas, sabe onde está o Coelho para penhorarem e sabem também onde entregar o produto da penhora do ordenado do Coelho como deputado a esta senhora».
José Manuel Coelho afirma «estar atento a estes senhores, que julgam em nome do povo, mas não têm legitimidade para tal», criticando a decisão judicial que o obriga a pagar à referida solicitadora que se encontra suspensa da Câmara de Solicitadores, o valor de «112 mil euros, com penhoras semanais  de 200 euros» pela denuncia que José Manuel Coelho publicou na Internet. O candidato defende por isso que «esta justiça da maneira que funciona aqui na Madeira, não serve aos madeirenses», concluiu.(jornal da Madeira)

1 comentário: