domingo, 24 de setembro de 2017

Caras e casos das Autárquicas

Bela foto, sim senhor. Temos os Juntos pelo tacho


 Mais um que mudou de poio.Desta vez transitou do JPP para o CDS

Olha um parvinho com manias de filósofo!


 Este não fala sem papel à sua frente (candidato Laranja:Idalino Vasconcelos).

 Alcino Gomes grande candidato do PTP no Porto Santo

 Lucília de Sousa, uma mulher com coragem em Machico

Amândio Madaleno candidato do PTP por Lisboa (em campanha na feira do Relógio)


 A camarada Ilda Figueiredo (os anos não perdoam)!

Um cacique do continente


 Professor André Escórcio, um grande senhor da Televisão


 Paulo Cafôfo e a sua bengala o Rodrigo Trancoso do bloco

«O advogado de vão de escada»-como diz o Alberto João


 Raquel Coelho, no meio de 2 partidos burgueses

 Camarada Armindo Miranda grande quadro do PCP (já dirigiu com grande êxito a organização da Madeira

Esta menina ainda não abriu a boca acerca da ignominiosa prisão da Maria de Lurdes

 Patricia Pinto, grande estilista madeirense


Os tempos do fascismo. É bom recordar para que não se repitam

Morreu com 90 anos D. Manuel Martins bispo emérito de Setúbal

 Dizia D. Manuel Martins: "quero ser o bispo de Setúbal e não um bispo em Setúbal"

« nós não temos democracia, mas sim habilidosos que nos levam para onde querem» dizia D. Manuel Martins, bispo de Setúbal.

Publicação de sondagens condicionam eleições na Madeira

 Ora cá está : A sondagem do Diário permitida pela lei condiciona fortemente os partidos fora do sistema.
Esta sondagem do Diário só favorece os partidos do chamado arco do poder. Os eleitores inclinam-se naturalmente para o voto útil e já não votam nos chamados pequenos partidos.
Passadas as eleições dirigem-se aos chamados  partidos derrotados por esta infernal máquina de propaganda para fazerem reclamações pensando que isso resolve alguma coisa; quando acabaram de votar em massa nos partidos do sistema que têm desenvolvido políticas destruidoras da economia e do emprego para as pessoas.
As eleições autárquicas na ilha da Madeira e no Porto Santo, são uma farsa.
 Não são livres nem são justas! São de certa forma semelhantes as farsas eleitorais de tempos de sinistra memória de Salazar e Marcelo Caetano 

sábado, 23 de setembro de 2017

Porque hoje é fim de semana!

«Burguesinha" de Seu Jorge



Cromos do Jornal de Campanha - Autárquicas 2017 - 23/09/2017

Candidatura da CDU a Câmara de Lobos


Se não fosse os sindicatos a CDU não tinha gente nas campanhas, a vilhoada continua a temer a foice e o martelo.

Candidatura do PS a Câmara de Lobos

Sempre o mesmo candidato a concorrer? então o PS não tem ninguém melhor que "o orelhudo"?! É muito feinho para o cargo, não possui carisma par o cargo. Vão levar uma banhada nestas eleições!


Candidatura do MPT a Câmara de Lobos


Fernando do Porto da Cruz a dar lições de moral aos câmara-lobenses


Roberto Vieira afinal é candidato ao Funchal ou Câmara de Lobos? Que moral tem este depois de ter destruído um partido por não querer fazer rotatividade na Assembleia. Agarrado ao tacho! 

Candidatura do JPP a Machico



Se alguém não aparecer de verde às iniciativas do JPP é expulso. O discípulo do Padre Martins quer tentar a sua sorte em Machico...não tem hipótese!

Candidatura PNR

Já teve em tantos partidos agora meteu-se no partido saudosista do Hitler, para ele tudo bom desde que tenha a dispensa dos 12 dias de campanha, serve.


Candidata do PTP a Santana

Um toque feminino em Santana! A única candidata mulher.



Candidatura do CDS ao Funchal


Isso senhores comam e bebam daqui a dias chega a conta para pagar!


Com discurso de padre quer ver se os Funchalenses se esquecem da compra e venda de favores entre Cafofo e Rodrigues na CMF.  Estes aliam-se a qualquer um desde que cheire a poder.


CDS o partido que juntamente com o PSD de Passos Coelho, desgraçou a vida dos madeirenses e dos agricultores, os Funchalenses só se tiveram loucos é que darão o voto a esta gente.


Candidatura CDU Funchal


Camarada Lume tem de fazer a barba senão vai afugentar os poucos votos da CDU no Funchal.


Não sei como este barafustão tem votos?! Dos comerciantes não deve ter nenhum, não faz outra coisa senão cobrar dinheiro da Sociedade Portuguese de Autores. Livra!

Candidatura do PSD no Funchal

Tanto dinheiro gasto pelo PSD nesta campanha de nada serve, este partido está em queda livre. Os detratores e AJJ vão destruir o que sobra do PSD com o careca fingindo e vendido ao grande capital.

Elsa Cravo candidata à Câmara Municipal de Santana pelo PTP


Fotos durante a distribuição de propaganda na freguesia de S. Jorge











sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Tribunal fascista manda imprimir novo boletim de voto:o povo paga tudo!

 Por causa de uma minudência e uma chinesice do CDS (Formalidade complicada e inútil.) lá se vão imprimir milhares de novos boletim de voto no Funchal para o órgão Assembleia Municipal. Mais uns valentes milhares de euros mandados para o lixo. Não importa, o povo paga isso tudo! Os juizes fascistas entendem assim; é assim que tem de de ser. Essa gente ganha 6 e 7 mil € por mês, nada lhes custa! Ah! povo enganado! Entretanto há muitos Funchalenses a passar fome dentro das suas habitações!


TRIBUNAL DÁ RAZÃO AO CDS E MANDA ALTERAR BOLETIM DE VOTO

De acordo com o despacho do Tribunal da Comarca da Madeira a que o JM teve acesso, foi dada razão à queixa apresentada pelo CDS-PP quanto à designação do partido no boletim de voto.
Conforme se pode ler no despacho, “atentas as razões expostas no requerimento de 21.09.2017 e o documento de folhas 601, ordena-se a correção do boletim de voto referente à Assembleia Municipal do Funchal (boletim amarelo), por forma a passar a constar a designação da candidatura “CDS- Partido Popular” em vez de “Partido Popular”, o que deverá ser feito no mais curto espaço temporal possível”.
Assim, diz, comunique o presente despacho à Câmara Municipal do Funchal, com cópia também do requerimento de folhas 597 a 601, pela via mais expedita, a qual deverá diligenciar pela correção do erro ora detetado, com a consequente reimpressão em tempo útil dos novos boletins, por forma a que os eleitores (independentemente da forma como exerçam o seu direito de voto) apenas se deparem com os boletins sem o erro detetado”.
A finalizar o despacho, é também pedido que seja comunicado “o presente despacho ainda à subscritora do requerimento de folhas 597 e 598, bem como aos representantes das demais candidaturas, com cópia também do requerimento de folhas 597 a 601”.
Na sequência disso, e na deliberação da Comissão Nacional de Eleições, é mandado que, “tal como determinado pelo tribunal, notificar o presidente da Camara Municipal do Funchal para: proceder à imediata execução de novos boletins de voto da eleição para a Assembleia Municipal para a votação a decorrer no dia 1 de outubro, se necessário recorrendo às sobras de papel de outras câmaras municipais da Região ou à Administração Eleitoral do MAI”, bem como “providenciar pela notificação dos eleitores que tenham já votado antecipadamente, por motivos profissionais, para se dirigirem à Câmara Municipal para exercer de novo o seu direito de sufrágio, esclarecendo os motivos originadores desse novo ato”.
Além disso, notifica o presidente da Camara Municipal do Funchal para “remeter de novo a documentação eleitoral aos eleitores doentes internados, presos e estudantes, que solicitaram a documentação para votar antecipadamente, e comunicar aos presidentes de câmaras municipais onde os estabelecimentos em causa se situam, a necessidade de recolher essa nova documentação e de a remeter para as mesas eleitorais respetivas”. Acrescenta ainda que, “nos novos sobrescritos exteriores deve ser aposta a menção "2.ª VIA", a fim de se reconhecerem exteriormente quais os sobrescritos a escrutinar no dia 1 de outubro». (fonte JM)