quinta-feira, 6 de abril de 2017

Diario de Notícias censurou a ação politica do PTP ontem junto ao Hospital dr. Nélio Mendonça

 Diário de Notícias censurou a ação politica do PTP ontem junto ao Hospital  dr. Nélio Mendonça. Mas apesar dessa discriminação e falta de pluralismo, o director do matutino ex-padre Ricardo Oliveira traz em destaque na última página um tema muito caro aos habitantes da nossa Região: O exorbitante preço das passagens aéreas nesta quadra da Páscoa, entre a Madeira e Lisboa.

No entanto o JM foi mais pluralista em relação ao Partido Trabalhista



De facto comporta-se como a máfia!
Como podeis vós crer, recebendo honra uns dos outros, e não buscando a honra que vem só de Deus?  S. João 5:44

Claro como há 2000 anos disse Jesus, os farizeus vão recebendo a honra uns dos outros.

Louvor ao administrador judiciário da Comarca da Madeira publicado em Diário da República
Adelino Cruz é o segundo a contar da direita, ao lado de Paulo Barreto.
Foi publicado hoje em Diário da República o Louvor n.º 126/2017 ao Administrador Judiciário do Tribunal Judicial da Comarca da Madeira, Adelino Cruz pelos relevantes serviços que presta e prestou, designadamente na última intervenção no Palácio da Justiça do Funchal.
Eis o texto do louvor:
“Por ocasião do termo das relevantes obras de beneficiação do Palácio da Justiça do Funchal, é justo reconhecer e louvar o Senhor Administrador Judiciário do Tribunal Judicial da Comarca da Madeira. O Secretário de Justiça, Sr. Adelino Cruz, é uma pessoa de elevados méritos, com uma dedicação ímpar ao serviço e à causa da Justiça. Está sempre presente, é muito leal e competente e todos (magistrados, advogados, oficiais de justiça e restantes profissões forenses) o admiram profundamente. O seu papel foi decisivo no período das obras no Palácio da Justiça do Funchal.
14 de março de 2017. O Juiz Presidente do Tribunal Judicial da Comarca da Madeira, Paulo Duarte Barreto Ferreira”. (Funchal-Notícias)

1 comentário:

  1. Se calhar queriam viajar de borla.
    Quem não tem dinheiro não tem vícios.

    ResponderEliminar